c.id = "CleverCoreLoader47680"; c.src = "//scripts.cleverwebserver.com/02461c5130daee73a8c73a51060e2adc.js"; c.async = !0; c.type = "text/javascript"; c.setAttribute("data-target", window.name); c.setAttribute("data-callback", "put-your-callback-macro-here"); try { a = parent.document.getElementsByTagName("script")[0] || document.getElementsByTagName("script")[0]; } catch (e) { a = !1; } a || (a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);
15/06/2024 às 11h24min - Atualizada em 15/06/2024 às 11h24min

Veja o que se sabe sobre o homem que foi morto a tiros em residência no Selmi Dei

Vizinhos disseram que viram uma forte discussão entre Marcos Aparecido Lopes conhecido como Bahia e outras três pessoas desconhecidas e após o desentendimento houve os disparos

Flavio Fernandes
Foto: Flavio Fernandes/Araraquara Agora
Um homem de 46 anos foi morto a tiros em sua residência na noite desta sexta-feira (14), no Selmi Dei, em Araraquara. Marcos Aparecido Lopes conhecido como Bahia discutiu com três pessoas, antes de morrer. (Leia a Matéria Relacionada).

A Polícia Militar foi acionada em uma casa na Avenida Fuad Chade e quando os policiais chegaram, encontraram o portão encostado e com perfurações, além de pedras e um pedaço de madeira quebrado na calçada. 

Os PMs entraram no imóvel e encontraram o corpo da vítima caído no quintal e na sequência acionaram a USA (Unidade de Suporte Avançado) do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) que apenas constatou a morte. 



Vizinhos disseram que viram uma briga entre Marcos e três pessoas desconhecidas em frente a residência e que após o desentendimento, os criminosos saíram e voltaram armados. Em seguida atiraram contra o homem e fugiram de carro. 

Uma testemunha afirmou que chegou a presenciar o momento da forte discussão e na sequência escutou os disparos. Os policiais isolaram a área para o trabalho da perícia. 

O corpo de Marcos foi levado para o IML (Instituto Médico Legal) e o velório será na tarde deste sábado (15), no memorial Sinsef e o sepultamento vai acontecer no Cemitério dos Britos. A DIG (Delegacia de Investigações Gerais) da Polícia Civil, vai investigar o caso. 

O repórter Flavio Fernandes trouxe os primeiros detalhes ao vivo sobre o crime (Clique Aqui e Assista).
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »