c.id = "CleverCoreLoader47680"; c.src = "//scripts.cleverwebserver.com/02461c5130daee73a8c73a51060e2adc.js"; c.async = !0; c.type = "text/javascript"; c.setAttribute("data-target", window.name); c.setAttribute("data-callback", "put-your-callback-macro-here"); try { a = parent.document.getElementsByTagName("script")[0] || document.getElementsByTagName("script")[0]; } catch (e) { a = !1; } a || (a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);
18/06/2024 às 06h36min - Atualizada em 18/06/2024 às 06h36min

Alerta: entenda como agem os golpistas que utilizam o nome da Santa Casa de Araraquara

Hospital alerta sobe ações praticadas contra familiares de pacientes internados na instituição

Direto da Redação

Leia Ainda:
Serviço do Daae pode deixar bairros sem água em Araraquara; veja quando.
Terminam hoje (18), as inscrições para curso gratuito de formação de eletricista da CPFL.




A Santa Casa de Araraquara reforça o alerta à população quanto a golpes praticados contra familiares de pacientes internados na instituição.


 

O hospital esclarece que “não solicita por meio de ligações ou envio de mensagens pelo aplicativo WhatsApp, a realização de depósitos bancários, de qualquer valor, para a realização de exames, procedimentos ou medicamentos em contas do hospital”.
 

 

A unidade hospitalar ainda orienta que caso os familiares recebam alguma ligação, mensagem ou abordagem que gere dúvidas, “não efetue nenhum pagamento”. O procedimento seguro é ligar imediatamente para o telefone 16 3303 2999, informando os setores Comunicação ou Ouvidoria e também a polícia para a realização de um boletim de ocorrência.


 

A Santa Casa de Araraquara não tem qualquer responsabilidade com a situação acima descrita, visto que tal fraude é proveniente de ambiente externo ao hospital”.
 

 

Em caso de dúvidas, o telefone é:

  • 16 3303 2999


 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »