c.id = "CleverCoreLoader47680"; c.src = "//scripts.cleverwebserver.com/02461c5130daee73a8c73a51060e2adc.js"; c.async = !0; c.type = "text/javascript"; c.setAttribute("data-target", window.name); c.setAttribute("data-callback", "put-your-callback-macro-here"); try { a = parent.document.getElementsByTagName("script")[0] || document.getElementsByTagName("script")[0]; } catch (e) { a = !1; } a || (a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);
21/06/2024 às 06h43min - Atualizada em 21/06/2024 às 06h43min

Imposto de Renda 2024: consulta ao 2º lote de restituição começa nesta sexta-feira (21)

Neste lote, mais de 5 milhões de pessoas receberão um total de R$ 8 bilhões, incluindo restituições de anos anteriores

Direto da Redação
Foto: Joédson Alves/Agência Brasil

Leia Ainda:
CPFL abre 40 vagas para atendente de telemarketing em Araraquara.




Os contribuintes poderão consultar o 2º lote de restituições do Imposto de Renda 2024 a partir das 10h desta sexta-feira (21). Neste lote, mais de 5,7 milhões de pessoas receberão um total de R$ 8,5 bilhões, incluindo restituições de anos anteriores.

 

Para consultar a restituição, o contribuinte deve acessar o Site da Receita Federal. A página oferece orientações e canais de serviço, permitindo uma consulta simplificada ou completa da declaração via extrato de processamento, acessado no e-CAC. Se houver pendências na declaração, o contribuinte pode corrigir as informações

 

A Receita Federal também disponibiliza um aplicativo para tablets e smartphones para consultar a liberação das restituições e a situação cadastral no CPF.

 

 

Dinheiro na Mão

 

Os pagamentos serão feitos a partir de 28 de junho. Os R$ 8,5 bilhões serão distribuídos entre contribuintes que têm prioridade no recebimento, veja:
 

  1. 140,3 mil idosos acima de 80 anos,
  2. 1 milhão de contribuintes entre 60 e 79 anos;
  3. 66,2 mil contribuintes com alguma deficiência física ou mental, ou doença grave;
  4. 459,4 mil contribuintes cuja principal fonte de renda seja o magistério;
  5. 3,8 milhões de contribuintes que usaram a declaração pré-preenchida ou optaram por receber via PIX.

 

 

De olho no calendário

 

 

As restituições serão pagas em 5 lotes. O prazo para entrega das declarações começou em 15 de março. As datas dos pagamentos são:

  • 1º lote: 31 de maio;
  • 2º lote: 28 de junho;
  • 3º lote: 31 de julho;
  • 4º lote: 30 de agosto;
  • 5º lote: 30 de setembro.

 

 

Cuidado com a malha fina

 

Durante a consulta, o contribuinte pode verificar se há alguma pendência na declaração que impeça o pagamento da restituição, conhecida como "malha fina". Para isso, acesse o "extrato" do Imposto de Renda no site da Receita Federal, via e-CAC.

 

Após fazer login, selecione “Meu Imposto de Renda (Extrato da DIRPF)” e, na aba “Processamento”, escolha “Pendências de Malha”, conde o contribuinte poderá ver se a declaração está na malha fina e o motivo da retenção.

 

Para acessar o extrato do IR, use o código de acesso gerado no site da Receita Federal ou um certificado digital emitido por uma autoridade habilitada. Restituições de declarações com inconsistências são liberadas somente após correção pelo contribuinte ou após a comprovação da correção.

 

Mais informações, acesse.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »