26/01/2021 às 11h17min - Atualizada em 26/01/2021 às 11h24min

Reunião com Edinho ‘dá em nada’ e comerciantes fazem novo protesto no Centro

Por Geisa Ferreira da Silva

A reunião marcada por donos de bares, lanchonetes, restaurantes e representantes do setor hoteleiro com o prefeito Edinho Silva terminou sem acordo sobre a reabertura desses estabelecimentos no período noturno. Araraquara seguiu o decreto do Governo do Estado de São Paulo e adotou a Fase Vermelha em que esses comércios só podem trabalhar para atender pelo sistema delivery.

Segundo interlocutores que estiveram no encontro, "a reunião deu em nada", já que o prefeito Edinho esteve irredutível, se disse de mãos atadas e afirmou que a cidade foi obrigada a seguir o Plano São Paulo integralmente, embora não tenha feito isso em edições anteriores do decreto estadual.

O empresário do setor de alimentação, Mário Okama resumiu a insatisfação dos comerciantes. “A gente só quer trabalhar. Nós temos mantido todos os protocolos necessários. Nós vemos todos os dias o comércio aberto no Centro e ficamos nos questionando: será que é só no bar que se transmite o coronavirus?”, indagou ele.

Para Okama, o protocolo de distanciamento, as regras de lotação, cuidados como o uso de máscara e álcool em gel tem funcionado na cidade até agora, o que permitiria a manutenção dos bares e restaurantes abertos por mais tempo.

Segundo as regras do Plano São Paulo, todo comércio considerado não essencial precisa fechar as portas até 20h.

No encontro, Edinho Silva teria orientado os empresários a ingressar com ações judiciais para tentar a abertura por meio de decisões liminares.

“Comerciantes que tentaram por via judicial tiveram suas liminares cassadas em menos de duas horas”, esbravejou o presidente do Sinhores, Fernando Pacchiarotti.

Vereadores devem criar uma comissão para ajudar nas negociações com a Prefeitura e também com o Ministério Público. "Não adianta o prefeito flexibilizar o decreto e o Ministério Público não deixar", resumiu o presidente do legislativo, Aluísio Boi.

A Prefeitura ainda não se manifestou sobre o assunto, mas o Comitê de Contingenciamento do Coronavírus está reunido e deve tratar da reivindicação dos empresários e trabalhadores do setor. 

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Zap
Atendimento
Oi, eu sou Willian Oliveira. Precisa de ajuda? Aqui você pode sugerir pauta, falar com nosso departamento comercial, estamos a sua disposição