c.id = "CleverCoreLoader47680"; c.src = "//scripts.cleverwebserver.com/02461c5130daee73a8c73a51060e2adc.js"; c.async = !0; c.type = "text/javascript"; c.setAttribute("data-target", window.name); c.setAttribute("data-callback", "put-your-callback-macro-here"); try { a = parent.document.getElementsByTagName("script")[0] || document.getElementsByTagName("script")[0]; } catch (e) { a = !1; } a || (a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);
07/04/2020 às 16h00min - Atualizada em 07/04/2020 às 18h59min

Araraquara tem 33 casos suspeitos de coronavírus e 20 pacientes internados

Essa matéria foi corrigida às 16h32 para corrigir informação equivocada que a cidade teria constatado outra morte suspeita. Na verdade os números não se alteraram desde o último levantamento.
Com o mais recente boletim de situação do coronavírus divulgado pela Prefeitura de Araraquara, a cidade contabiliza hoje 64 casos notificados de Coronavírus, sendo que, destes, 7 estão confirmados, 24 foram descartados e 33 casos seguem sendo monitorados e aguardando resultado de exames. Dos 64 casos notificados, 52 pessoas foram internadas. Dessas, 28 já receberam alta e 20 permanecem internadas. Foram registrados 4 óbitos -  um deles foi descartado por exame, um foi positivado para Coronavírus  e outros 2 são suspeitos (aguardam o resultado). Todos os suspeitos, os casos confirmados e seus comunicantes estão sendo monitorados pela Secretaria Municipal da Saúde. O objetivo é orientar e cobrar o cumprimento da quarentena. AUXÍLIO EMERGENCIAL DE R$ 600 O Auxílio Emergencial de R$ 600 é um benefício financeiro concedido pelo Governo Federal destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados, e tem por objetivo fornecer proteção emergencial no período de enfrentamento à crise causada pela pandemia do COVID 19. Pode solicitar o benefício o cidadão maior de 18 que atenda a todos os seguintes requisitos: - Esteja desempregado ou exerça atividade na condição de Microempreendedores individuais (MEI); Contribuinte individual da Previdência Social e Trabalhador Informal. - Pertença à família cuja renda mensal por pessoa não ultrapasse meio salário mínimo (R$ 522,50), ou cuja renda familiar total seja de até 3 salários mínimos (R$ 3.135,00). Não tem direito ao Auxílio: - Quem tem emprego formal ativo; quem pertence à família com renda superior a três salários mínimos ou cuja renda mensal por pessoa seja maior que meio salário mínimo; quem está recebendo Seguro desemprego; quem está recebendo benefícios previdenciários, assistenciais ou benefício de transferência de renda federal, com exceção do Bolsa Família; e quem recebeu rendimentos tributáveis acima do teto de R$ 28.559.70 em 2018, de acordo com declaração do Imposto de Renda. Como receber o Auxílio Emergencial: Cada pessoa que tiver direito deve receber três parcelas de R$ 600. E cada família pode acumular, no máximo, dois benefícios, ou seja, R$ 1.200. A mulher que sustentar o lar sozinha terá direito a R$ 1.200. É importante destacar que as pessoas não devem procurar a sede da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social e nem os CRAs, porque todo o processo está sendo realizado por site e aplicativos. Quem já está cadastrado no Cadastro Único ou recebe o benefício Bolsa Família, receberá o benefício automaticamente, sem precisar se cadastrar. As pessoas que não estão cadastradas no Cadastro Único, mas que têm direito ao Auxílio, poderão se cadastrar no aplicativo e site que foram divulgados hoje pela CAIXA. As informações completas, incluindo os links para requerimento do benefício e aplicativos estão no site da Prefeitura. Educação e Assistência e Desenvolvimento Social A Secretaria Municipal da Educação e a Secretaria Municipal de Assistência Social, juntamente com a equipe do Programa de Segurança Alimentar, iniciaram nesta semana a montagem de 1.953 cestas de alimentos que serão distribuídas a famílias em situação de vulnerabilidade do município. Com a suspensão das aulas na rede municipal, os alimentos que seriam servidos na merenda escolar serão, portanto, distribuídos a 1.953 famílias de Araraquara. Após a montagem, esses kits de alimentos, pensados para suprir a necessidade de 30 dias das famílias, serão encaminhadas para as escolas da rede pública municipal e, em seguida, começarão a ser distribuídos, mediante agendamento realizado pela direção da escola. O objetivo é evitar aglomeração de pessoas nas escolas.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »