c.id = "CleverCoreLoader47680"; c.src = "//scripts.cleverwebserver.com/02461c5130daee73a8c73a51060e2adc.js"; c.async = !0; c.type = "text/javascript"; c.setAttribute("data-target", window.name); c.setAttribute("data-callback", "put-your-callback-macro-here"); try { a = parent.document.getElementsByTagName("script")[0] || document.getElementsByTagName("script")[0]; } catch (e) { a = !1; } a || (a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);
09/04/2020 às 12h36min - Atualizada em 09/04/2020 às 12h36min

CTA estuda cortar gratuidade de idosos para reduzir circulação

A Coordenadoria Municipal de Mobilidade Urbana e a Controladoria de Transportes de Araraquara (CAT) estudam acabar, temporariamente, com a gratuidade para idosos no transporte coletivo de Araraquara. O objetivo seria reduzir a circulação desse grupo, considerado de risco para o coronavírus, na cidade. O tema será levado para debate no Comitê de Contingência do Coronavírus. Um parecer deve ser emitido entre hoje e amanhã sobre o assunto. “A Prefeitura tem feito um enorme esforço para, em atendimento aos órgãos de saúde, garantir o distanciamento social. Isso é fundamental para que não tenhamos em Araraquara a chamada curva acentuada de casos. O isolamento reduz o contágio. Temos que salvar vidas e os idosos, todos sabemos, são aqueles mais acometidos”, destacou o coordenador de Mobilidade Urbana, Nilson Carneiro. Ainda como medida para reduzir a cirulação na cidade hoje a Área Azul voltou a ser cobrada dos motoristas que estacionam na região central. “Essas medidas são extremamente necessárias neste momento em que precisamos proteger, especialmente os mais vulneráveis do contágio e isso requer restringir a circulação dos mesmos”, pontuou.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »