c.id = "CleverCoreLoader47680"; c.src = "//scripts.cleverwebserver.com/02461c5130daee73a8c73a51060e2adc.js"; c.async = !0; c.type = "text/javascript"; c.setAttribute("data-target", window.name); c.setAttribute("data-callback", "put-your-callback-macro-here"); try { a = parent.document.getElementsByTagName("script")[0] || document.getElementsByTagName("script")[0]; } catch (e) { a = !1; } a || (a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);
26/07/2021 às 17h23min - Atualizada em 26/07/2021 às 17h23min

"Geloteca" pode acabar em Araraquara por conta de vandalismo e falta de reposição de livros

Recentemente vomitaram dentro de uma geladeira e estragou vários livros

A "geloteca" em Araraquara corre o risco de acabar por conta de atos de vandalismo que estão se tornando frequentes. A iniciativa foi criada há 4 anos por Marcelo César da Silva, o Marcelo Geloteca, e está presente em alguns pontos da cidade. Além de dar trabalho com consertos, as destruições prejudicam a reposição de materiais do projeto. 

Segundo o próprio idealizador do projeto, a biblioteca comunitária já teve problemas com comida e até mesmo pessoas que urinaram na geladeira. Recentemente, chegaram a vomitar em uma "geloteca", estragando diversos livros. "Nessa toada que está indo, a gente não vai conseguir mais manter a geladeira. Se a geladeira esvaziar de uma vez, eu vou tirar e parar com o projeto". Ainda de acordo com ele, casos de pessoas que pagam livros e não devolvem, também dificultam o andando da proposta por conta da dificuldade para repor depois. 

O projeto da "geloteca" está presente em alguns pontos de Araraquara, mas um em específico está dando mais dor de cabeça. "A única [geladeira] que está dando problema é essa do São Geraldo, que fica na rua. Mas não estava dando tanto problema como deu agora, que o cara vomitou dentro dela", explicou o criador do projeto

Além do risco do projeto acabar, uma outra possibilidade é trancar as geladeiras durante a noite. "Eu achava que as pessoas iriam respeitar, mas infelizmente o vandalismo acaba atrapalhando um pouco", lamentou Marcelo. 

Ajude o projeto a continuar em Araraquara

Para que o projeto continue, uma das principais necessidades atualmente é justamente mais livros. "Você que tem um livro aí na sua casa, que não está usando, traga aqui para a gente", apelou Marcelo. Assim, será possível cuidar da reposição demandada pelas geladeiras. Caso a pessoa possa doar livros (não didáticos) e não puder levar, basta entrar em contato pelo 16 99783-3470. 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »