c.id = "CleverCoreLoader47680"; c.src = "//scripts.cleverwebserver.com/02461c5130daee73a8c73a51060e2adc.js"; c.async = !0; c.type = "text/javascript"; c.setAttribute("data-target", window.name); c.setAttribute("data-callback", "put-your-callback-macro-here"); try { a = parent.document.getElementsByTagName("script")[0] || document.getElementsByTagName("script")[0]; } catch (e) { a = !1; } a || (a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);
21/04/2020 às 12h02min - Atualizada em 21/04/2020 às 12h09min

Prefeitura de Araraquara prorroga quarentena e flexibiliza funcionamento de serviços

Por Brenda Bento

A Prefeitura de Araraquara prorrogou a quarentena até 10 de maio e flexibilizou o funcionamento de alguns estabelecimentos comerciais, de acordo com Atos do Município publicado nesta terça-feira (21) com o decreto nº 12.254 de 20 de abril de 2020.


Em decorrência da pandemia da Covid-19 e da aceleração do número de casos da doença no município, o prefeito Edinho Silva prorrogou também todas as medidas, providências e determinações do decreto nº 12.236 de 23 de março de 2020.

Confira os serviços que foram flexibilizados com o decreto nº 12.254:

    • Escritórios de advocacia, de contabilidade e imobiliárias: podem realizar atendimento presencial limitado a 1 cliente por sala por vez, com agendamento prévio, devendo ser dada preferência ao atendimento virtual e mantendo as portas do estabelecimento fechadas;
    • Óticas: podem realizar atendimento presencial desde que seja de um único consumidor por vez, com agendamento prévio, responsabilizando-se pela organização de eventuais filas externas com distância de 1,5 m entre os consumidores e mantendo as portas do estabelecimento fechadas;
    • Garagens de veículos, revendas de veículos e concessionárias: mantendo as portas fechadas podem realizar atendimento de dois consumidores por vez com agendamento prévio, uso obrigatório de máscaras pelos consumidores e profissionais, higienização dos veículos com água sanitária ou álcool em gel a 70% a cada teste ou demonstração;
    • Lojas de venda ou revenda de peças de veículos de propulsão a motor e propulsão humana: podem realizar atendimento presencial de um único consumidor por vez, responsabilizando-se pela organização de eventuais filas externas com distância de 1,5 m entre os consumidores e mantendo as portas do estabelecimento fechadas;
    •  Academias: mantendo as portas do estabelecimento fechadas podem realizar atendimento presencial de no máximo 1 aluno a cada 4 m², com agendamento prévio e acompanhamento individual por profissional que cuide do cumprimento das regras do decreto. Os alunos e profissionais devem obrigatoriamente usar máscaras. Os equipamentos, aparelhos e entornos devem ser higienizados com água sanitária ou álcool em gel a 70% a cada utilização. Durante o horário de funcionamento da academia, esta deverá ser fechada de 1 a 2 vezes por dia, por ao menos 30 minutos para limpeza geral e desinfecção dos ambientes. Desde que sejam disponibilizados recipientes com álcool em gel a 70% para alunos e profissionais em todas as áreas da academia. Fica proibido o atendimento de alunos com mais de 60 anos ou do grupo de risco.  

Mesmo com a flexibilização no funcionamento de alguns estabelecimentos, o comércio permanece com atividades suspensas.

O Prefeito Edinho Silva se reuniu de forma online com empresários na segunda-feira (20) e abordou medidas contra a Covid-19. 

Para o prefeito, o diálogo com os empresários continua aberto para que futuras decisões sobre uma possível retomada de economia sejam debatidas.

"Estamos fazendo todas as ações para salvar vidas e evitar o colapso do sistema de saúde. E aquilo que for possível nós tomarmos de medidas para a economia respirar, nós faremos. Mas, é claro, respeitando o decreto de calamidade pública do Governo do Estado", disse Silva.

Qualquer cidadão poderá realizar denúncia do descumprimento do decreto por meio dos canais: Ouvidoria Geral do Município 156, Guarda Civil Municipal 153, Procon 3301-3131 ou 99701-0120.

O decreto nº 12.254 recomenda ainda que todos os moradores, bem como os demais coletivos e entidades, que se abstenham de participar, organizar ou realizar quaisquer atividades que impliquem ou resultem em aglomerações de pessoas. 

Imagem: site Prefeitura de Araraquara


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »