11/05/2020 às 13h08min - Atualizada em 11/05/2020 às 13h08min

Governo de SP apresenta condições para flexibilizar a quarentena na região

Por Rian Fernandes

Conforme divulgado nesta segunda-feira (11) por meio do boletim diário do Comitê de Contingência do Coronavírus de Araraquara, o Governo do Estado de São Paulo apresentou condições necessárias para a flexibilização regional da quarentena. Como informado, a taxa de isolamento, redução de casos de coronavírus e a ocupação nos leitos de UTI compõem as exigências. 

Conforme a comunicação feita pela secretária de Saúde, Eliana Honain, a respeito das condições do Governo do Estado de São Paulo, estão o isolamento social acima de 55%, a redução sustentada de novos casos da doença por 14 dias seguidos e a ocupação abaixo de 60% nos leitos de UTI exclusivos de Covid-19. 

Vale lembrar que sobre a taxa de isolamento social, a meta do governo é de 60% e o número ideal, segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), é de 70% para evitar um colapso no sistema de saúde. No entanto, nos últimos dias, Araraquara registrou números próximos de 40%. 

Além disso, o Governo do Estado de São Paulo também fez um grupo com 16 prefeitos que será responsável por avaliar a situação da Covid-19 em cada região do estado e planejar a futura retomada dos setores econômicos, seguindo orientações de saúde. Na região, Edinho Silva, prefeito de Araraquara, foi denominado para compor o conjunto. 

Também fazem parte os municípios de São Paulo, Ribeirão Preto, Campinas, Santos, Sorocaba e Presidente Prudente, Marília, Araçatuba, Barretos, São José do Rio Preto, Registro, São José dos Campos, Franca e Bauru.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »