c.id = "CleverCoreLoader47680"; c.src = "//scripts.cleverwebserver.com/02461c5130daee73a8c73a51060e2adc.js"; c.async = !0; c.type = "text/javascript"; c.setAttribute("data-target", window.name); c.setAttribute("data-callback", "put-your-callback-macro-here"); try { a = parent.document.getElementsByTagName("script")[0] || document.getElementsByTagName("script")[0]; } catch (e) { a = !1; } a || (a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);
13/05/2020 às 10h49min - Atualizada em 13/05/2020 às 10h50min

Comércio intensifica funcionamento no sistema drive thru

 

A Prefeitura de Araraquara ratificou no final da tarde de terça-feira (13) que o comércio da cidade pode funcionar no chamado sistema drive thru, em que as pessoas apenas passam para pegar o produto previamente comprado. É uma medida para aliviar o sufoco econômico causado pela quarentena que deve se estender até o dia 31 de maio no Estado de São Paulo.

O posicionamento do prefeito Edinho Silva (PT) em relação a este assunto foi novamente discutido com os presidentes da Acia, Sincomercio e Sinhores, que participaram de uma reunião no 6º andar da Prefeitura. Na oportunidade o prefeito falava por videoconferência do Comitê Municipalista, integrado por 16 prefeitos do interior paulista e membros do governo estadual. Esse grupo auxilia o governo de São Paulo a tomar decisões sobre a retomada da economia no estado.

O comércio de Araraquara sempre esteve autorizado a realizar vendas pelos sistemas “drive-thru e delivery”, ou seja, vendas no interior dos veículos e nas residências, respeitando as normas de segurança da Vigilância Epidemiológica. Segundo a Prefeitura, agora o comércio vai investir em ações para divulgar essa informação. "As entidades empresariais decidiram dar maior visibilidade para essas alternativas de comercialização, com o objetivo de amenizar as perdas econômicas oriundas da prolongada quarentena, que restringe o comércio convencional", disse o município por meio de nota.

Todos os líderes empresariais se mostraram preocupados com os riscos de contaminação do Covid-19, mas também se preocupam com o futuro das empresas no município, principalmente das pequenas e médias que têm baixa capacidade de “manobra financeira” e já são responsáveis pelo aumento significativo do desemprego. “Tudo que pudermos fazer, faremos para minimizar os efeitos da pandemia na economia municipal. Renda e trabalho significam muito, mas é preciso olhar sempre os dados da saúde. Essa junção de sensibilidades irá construir o caminho do bom senso, da ponderação”, afirmou o prefeito de Araraquara.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »