c.id = "CleverCoreLoader47680"; c.src = "//scripts.cleverwebserver.com/02461c5130daee73a8c73a51060e2adc.js"; c.async = !0; c.type = "text/javascript"; c.setAttribute("data-target", window.name); c.setAttribute("data-callback", "put-your-callback-macro-here"); try { a = parent.document.getElementsByTagName("script")[0] || document.getElementsByTagName("script")[0]; } catch (e) { a = !1; } a || (a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);
13/05/2020 às 18h25min - Atualizada em 13/05/2020 às 18h25min

Valle Verde tem vacinação contra gripe até sexta-feira

Moradores da região do Valle Verde que ainda não se vacinaram contra a gripe têm até esta sexta-feira (15) para comparecer ao posto montado pela Prefeitura no estacionamento da UPA do bairro. A vacina está disponível das 9h às 15h para crianças de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes e mulheres que deram à luz recentemente (até 45 dias).

A Secretaria Municipal da Saúde solicita que todos que procurarem o posto usem máscara, respeitem a distância de segurança e, se possível, levem a caderneta de vacinação.

Iniciada na última segunda-feira (11), a ação no Valle Verde já contabiliza 148 doses aplicadas. A iniciativa integra a Campanha Nacional contra Influenza.

Vale lembrar que a vacinação contra a gripe continua normalmente em todos os postos de saúde e no Sesa (Serviço Especial de Saúde de Araraquara), de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h. As unidades de atendimento foram organizadas com espaços externos (com cobertura tipo tenda), respeitando o espaçamento seguro de pelo menos 1 metro entre cada pessoa, a fim de evitar aglomerações.

A vacina está disponível para idosos com 60 anos ou mais, trabalhadores da saúde, profissionais das forças de segurança e salvamento, portadores de doenças crônicas não transmissíveis, caminhoneiros, profissionais de transporte coletivo, adolescentes e jovens sob medida socioeducativa, funcionários do sistema prisional, povos indígenas, trabalhadores portuários, pessoas privadas de liberdade, crianças de 6 meses a menores de 6 anos, pessoas com deficiência, gestantes e puérperas até 45 dias.

A vacina não protege contra o coronavírus, mas reduz a circulação da gripe entre a população, bem como complicações e óbitos, especialmente nos indivíduos que apresentam condições de risco, auxilia os profissionais de saúde na exclusão do diagnóstico para Covid-19 – já que os sintomas são parecidos – e ajuda a reduzir a procura pelos serviços de saúde. A vacina da gripe protege contra os vírus H1N1, H3N2 e Influenza B.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »