18/05/2020 às 20h34min - Atualizada em 18/05/2020 às 22h54min

Gavião Peixoto está entre as dez cidades do Brasil menos vulneráveis à Covid-19

Por Rian Fernandes

Gavião Peixoto é considerada a décima cidade menos suscetível à Covid-19 em todo o Brasil, conforme aponta o Índice de Vulnerabilidade Municipal (IVM), elaborado pelo Instituto Votorantim. O estudo tem por objetivo o indicar o grau de vulnerabilidade de cada município brasileiro em relação aos impactos causados pela pandemia e possui um ranking com índices que variam de 0 a 100, em que quanto maior o valor, maior a fragilidade. 

Sobre o Índice de Vulnerabilidade Municipal (IVM)

Para alcançar os resultados, o sistema é composto por dezoito indicadores dentro dos temas população vulnerável, economia local, estrutura do sistema de saúde, organização do sistema de saúde e capacidade fiscal administração pública. Entre eles são analisadas, por exemplo, a proporção da população idosa, o salário médio mensal dos trabalhadores formais, leitos e equipamentos hospitalares na microrregião, entre outros. O IVM utiliza dados secundários públicos que são obtidos por meio de fontes oficiais. 

Para elencar as cidades, foi distribuído um índice que varia de 0 a 100, apontando que quanto maior o valor, mais suscetível é aquele município aos impactos da pandemia. 

Entre o ranking nacional, Colina, no Estado de São Paulo, é considerada a cidade menos vulnerável do Brasil, com um índice de 28,61. Por outro lado, a cidade com maior vulnerabilidade aos impactos da pandemia, de acordo com o IVM, é Mojuí dos Campos, no Pará, com 75,65. 

Gavião Peixoto

Dentro do ranking elaborado pelo IVM, Gavião Peixoto, com aproximadamente 5 mil habitantes, é considerada a décima cidade menos vulnerável de todo o Brasil, com um índice de 33,75. Conforme o estudo, o município tem 14,05% de proporção idosa. 

Vale ressaltar ainda, que até o último boletim epidemiológico, divulgado nesta segunda-feira (18), a cidade ainda não tem nenhum caso confirmado de coronavírus. 

Ranking regional de Araraquara

Dos 15 municípios colocados pelo IVM na microrregião de Araraquara, Ibitinga é a cidade mais exposta aos impactos da pandemia, com um índice de 55,06. No regional, Gavião Peixoto, é a menos suscetível. Araraquara é considerada sétima mais vulnerável da região, com 52,12. 

Confira a tabela das cidades da região, junto dos índices, conforme o IVM (começando pelo município mais vulnerável). 

1 Ibitinga 55,06
2 Borborema 54,90
3 Itápolis  54,74
4 Trabiju 53,83
5 Santa Lúcia 53,38
6 Dobrada 53,24
7 Araraquara 52,12
8 Américo Brasiliense 51,38
9 Rincão 49,94
10 Boa Esperança do Sul 49,76
11 Tabatinga 47,70
12 Motuca 46,92
13 Nova Europa 43,41
14 Matão 39,95
15 Gavião Peixoto 33,75

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »