05/01/2022 às 11h46min - Atualizada em 05/01/2022 às 11h46min

Saúde deve fazer nova reunião com explosão de casos da Covid-19 em Araraquara

Cidade bateu recorde de novos casos e senhas da Praça Santa Cruz acabaram em minutos

Eliana Honain, secretária de Saúde de Araraquara - Imagem: Prefeitura de Araraquara

Com a explosão de casos da Covid-19 em questão de dias e o aumento de pacientes nas unidades de atendimento, a Saúde de Araraquara deve fazer uma nova reunião. A informação foi confirmada pela própria secretária de Saúde, Eliana Honain, ao portal Araraquara Agora. 

Com a reunião, espera-se que novas alternativas de atendimento Covid para a população sejam anunciadas, visto que unidades de saúde continuam com grande movimentação de pacientes e espaços de testagens têm senhas se esgostando rapidamente.

Nesta quarta-feira (5), por exemplo, a testagem na Praça Santa Cruz voltou a ser realizada por parte da Saúde de Araraquara. Foram 150 senhas distribuídas. O local literalmente lotou de pessoas e todas as fichas acabaram em questão de minutos. "“Estamos enfrentando uma maior transmissibilidade em Araraquara. Muitas das pessoas que estão buscando exames, tiveram contato com positivados”, salientou Eliana Honain. 

Onde procurar atendimento?

Uma orientação, segundo a secretária, é procurar o Terminal Central de Integração (TCI), local onde permanece a realização dos exames (assintomáticos). O horário de atendimento é das 13 às 17h30, também com 150 senhas diárias.

Outra opção é buscar os Postos de Saúde que estenderam os horários de atendimento e testagem, 17h às 20h. São eles:

  • Posto de Saúde do CECAP Avenida Major Antônio A. Biavatti, 347

  • Posto de Saúde do Selmi Dei I Rua José de Freitas Madeira, 49

  • Posto de Saúde do Jardim Paulistano Avenida Jorge Haddad, 334

  • Posto de Saúde do Santa Angelina Rua Habbib Khodor, 560

Vale lembrar que todos os dias, 24h, o Polo de atendimento e triagem da UPA da Vila Xavier realiza atendimento médico e realização de exames para sintomáticos, porém para pacientes acima dos 12 anos. O atendimento de crianças com idade até 12 anos com síndrome gripal, durante 24 horas, todos os dias é na UPA Central. 

 

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »