c.id = "CleverCoreLoader47680"; c.src = "//scripts.cleverwebserver.com/02461c5130daee73a8c73a51060e2adc.js"; c.async = !0; c.type = "text/javascript"; c.setAttribute("data-target", window.name); c.setAttribute("data-callback", "put-your-callback-macro-here"); try { a = parent.document.getElementsByTagName("script")[0] || document.getElementsByTagName("script")[0]; } catch (e) { a = !1; } a || (a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);
20/05/2020 às 06h48min - Atualizada em 20/05/2020 às 01h27min

Após dois dias seguidos de aumento, isolamento em Araraquara cai para 42%

Por Rian Fernandes

A taxa de isolamento em Araraquara caiu para 42%, conforme registrado na última segunda-feira (18). A cidade estava com dois dias seguidos de crescimento nos índices, passando de 39% para 44% e, em seguida, alcançado o número de 49% no domingo (17). Entre as três cidades analisadas da região pelo SIMI-SP (Sistema de Monitoramento Inteligente do Governo de São Paulo), Araraquara tem o pior registro por 10 dias consecutivos. 

Desde o dia 8 de maio, segundo o SIMI-SP, Araraquara tem as piores taxas de isolamento comparando com as outras duas cidades da região monitoradas pelo sistema, Matão e São Carlos. Naquela data, inclusive, o índice de Araraquara foi um dos piores de todo o Estado de São Paulo, com apenas 38%.

Dentro do período de 10 dias, visto que o último dia com dados divulgados foi segunda-feira (18), a pior taxa de isolamento de Araraquara foi justamente de 38%, enquanto a melhor, 49% no já mencionado domingo (17). Enquanto isso, Matão registrou 41% como menor percentual e alcançou 50%. Por outro lado, São Carlos possui os melhores números, sendo 46% o mais baixo índice e atingiu até 54%. 

Vale ressaltar que a taxa de isolamento social é uma das condições apresentadas pelo Governo do Estado de São Paulo para a flexibilização regional da quarentena, tendo que estar acima de 55%.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »