c.id = "CleverCoreLoader47680"; c.src = "//scripts.cleverwebserver.com/02461c5130daee73a8c73a51060e2adc.js"; c.async = !0; c.type = "text/javascript"; c.setAttribute("data-target", window.name); c.setAttribute("data-callback", "put-your-callback-macro-here"); try { a = parent.document.getElementsByTagName("script")[0] || document.getElementsByTagName("script")[0]; } catch (e) { a = !1; } a || (a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);
06/01/2022 às 13h33min - Atualizada em 06/01/2022 às 13h33min

Arteris inicia contratação de empresa para duplicar a SP-255 entre Araraquara e Boa Esperança

Processo de contratação da empresa deve ser concluído até março, diz a concessionária

Por Rian Fernandes
Imagem/Reprodução: Google Maps/Street View

A Arteris ViaPaulista informou nesta quinta-feira (6) que a Licença de Instalação da duplicação da SP-255, entre Araraquara e Boa Esperança do Sul, já saiu. Com isso, a concessionária agora vai contratar uma empresa para ser responsável pela obra. 

De acordo com a arteris, a Licença de Instalação saiu no final de dezembro de 2021 e o processo de licitação para contratar uma empresa já foi iniciado. "A previsão é que esse processo seja concluído até março", comunicou a concessionária. 

Com isso, espera-se que as obras de duplicação da SP-255, no trecho que liga Araraquara e Boa Esperança do Sul, comece em breve. Vale lembrar que a Arteris já faz a duplicação entre Bocaina e Jaú. Em dezembro, um comunicado da empresa alertou que as obras já estavam na etapa final. 



Vagas de emprego com a duplicação 

Com a duplicação da SP-255 entre Araraquara e Boa Esperança do Sul, novas oportunidades de emprego podem ser geradas. No entanto, a Arteris destacou que a contratação é feita pela empresa responsável pelo obra, ou seja, aquela que será contratada por meio do processo licitatório. 

Apesar disso, a própria Arteris ViaPaulista esclareceu que faz uma orientação para que as prestadores de serviço contratem pessoas que morem em cidades próximas para trabalhar nas obras, o que gera empregos para a própria região. 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »