c.id = "CleverCoreLoader47680"; c.src = "//scripts.cleverwebserver.com/02461c5130daee73a8c73a51060e2adc.js"; c.async = !0; c.type = "text/javascript"; c.setAttribute("data-target", window.name); c.setAttribute("data-callback", "put-your-callback-macro-here"); try { a = parent.document.getElementsByTagName("script")[0] || document.getElementsByTagName("script")[0]; } catch (e) { a = !1; } a || (a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);
17/01/2022 às 06h00min - Atualizada em 17/01/2022 às 06h00min

Dormir mais cedo ajudar a manter o coração saudável

cardiologista orienta sobre a importância de bons hábitos de vida

Direto da Redação
Foto: Canva/ Ilustração

Um estudo publicado no European Heart Journal mostrou que o hábito de dormir entre 22h e 23h possui relação com um menor risco de doenças cardíacas. Já as pessoas que adormecem após a meia-noite estão 25% mais suscetíveis a desenvolver esses problemas. Segundo o cardiologista Yuri Brasil, embora ainda não haja respostas objetivas do porque isso acontece, algumas hipóteses têm sido levantadas.

 

“O motivo mais próximo diz respeito a influência do sono em processos hormonais que ocorrem na hora de dormir, assim como em ações de metabolismo, glicose, alterações da pressão arterial e, até mesmo, de inflamação sistêmica. No geral, intercorrências biológicas naturais do corpo humano, que podem ser afetadas e prejudicar o funcionamento do coração”, explica.


O estudo, que analisou informações sobre os costumes noturnos de 88 mil pessoas do Reino Unido, ainda acompanhou os integrantes anos depois para um novo diagnóstico de doenças cardiovasculares. O material mostrou que maus hábitos de vida também estavam ligados ao risco desses problemas, além de destacar como os homens desenvolvem menos distúrbios cardiovasculares relacionados ao sono quando comparados às mulheres.


Dessa forma, Dr. Yuri ressalta a importância de manter hábitos de vida saudáveis, pois além de dormir bem, é imprescindível que haja uma alimentação balanceada, prática regular de atividades físicas e uma rotina de exames regulares com o seu cardiologista. “Assim, é possível estar sempre atento a saúde do coração e buscar um tratamento adequado caso seja necessário.”

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »