09/03/2022 às 13h11min - Atualizada em 09/03/2022 às 13h11min

‘Dinheiro Esquecido’: Consulte seu saldo e saiba como sacar o valor disponível

Veja como consultar seu saldo e sacar o valor disponível

Guilherme Moro
Imagem/Divulgação: Governo Federal
A função de recursos esquecidos do Banco Central está dando o que falar na internet. Milhares de brasileiros ficaram felizes com a notícia e correram para obter informações referentes ao assunto. Ela tinha sido ativada em janeiro, mas devido aos altos índices de acesso para buscar informações referentes ao dinheiro, o site do BanCo Central saiu do ar.

Com o serviço estabelecido, ele foi transferido para uma página específica. No entanto, no primeiro acesso, o cliente pode consultar se tem valores disponíveis para saque. Para fazer isso, basta ter em mãos o CPF da pessoa ou o CNPJ da empresa, além da data de nascimento ou de abertura do negócio. Feito isso, você será encaminhado para uma tela que irá dizer se você tem valores para serem sacados ou não.

Muitas outras dúvidas permeiam esse dinheiro que todo mundo simplesmente esqueceu, mas nós vamos esclarecer todas as dúvidas e entender como, quando e onde saber está o seu dinheiro esquecido.

O Banco Central estimula que os clientes têm aproximadamente R$ 8 bilhões para receber. Esse dinheiro acabou sendo esquecido de diversas formas e pode voltar para sua conta. A primeira fase de entrega desses valores, entende que este capital pode ser proveniente de contas-correntes ou poupança encerradas com saldo disponível, tarifas e parcelas ou obrigações relativas a operações de crédito cobradas indevidamente, cotas de capital e rateio de sobras líquidas de beneficiários e participantes de cooperativas de crédito e recursos não procurados relativos a grupos de consórcio encerrados.

Na segunda fase, serão devolvidos os valores referentes à tarifas e parcelas ou obrigações relativas a operações de crédito cobradas indevidamente, contas de pagamento pré-paga e pós-paga encerradas com saldo disponível, contas de registro mantidas por corretoras e distribuidoras de títulos e valores mobiliários encerradas com saldo disponível e outras situações que impliquem em valores a devolver reconhecidas pelas instituições.

A primeira fase de consultas está em vigor, enquanto a segunda fase será liberada a partir do dia 2 de maio.

Faça a consulta

  • Acesse o site https://valoresareceber.bcb.gov.br/;
  • Digite o CPF, no caso das pessoas físicas, e o CNPJ, no caso das empresas, para consultar a existência de recursos para saque;
  • A página vai informar uma data para consultar os valores e solicitar o saque;
  • Na data informada, retorne à página https://valoresareceber.bcb.gov.br/;
  • Use seu login gov.br para acessar o sistema (faça o cadastro aqui);
  • Após o acesso, consulte o valor e solicite a transferência.

Agora que você já sabe como consultar os valores esquecidos, veja o calendário:

Data de nascimento (PF) ou
Data da abertura de empresa (PJ)
Período de agendamento Data da repescagem
Antes de 1968 7 a 11/03 12/03
Entre 1968 e 1983 14 a 18/03 19/03
Após 1983 21 a 25/03 26/03

O pagamento efetuado pelo Banco Central deverá ser feita por PIX. Se o cliente solicitar o resgate sem a chave PIX, a instituição financeira escolhida entrará em contato para realizar a transferência.

Como nada passa batido pela internet, o caso de algumas pessoas que estavam esperando uma verdadeira fortuna com o dinheiro esquecido, mas no final acabaram recebendo valores muito abaixo do esperado, renderam frustrações e memes na internet, como o caso da Dona Antonia, de 83 anos, que mora em Natal (RN).

Ela realizou diversos planos com seus filhos quando soube que teria o dinheiro para receber, mas quando ela descobriu que só teria direito a receber R$ 2,82, a decepção foi enorme.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »