Araraquara Agora Publicidade 1200x90
Araraquara Agora Publicidade 728x90
01/11/2022 às 12h24min - Atualizada em 01/11/2022 às 12h24min

Empresas de ônibus suspendem venda de passagens em Araraquara

Interrupção acontece diante de bloqueios realizados por manifestantes pró-Bolsonaro, que não aceitam a derrota do presidente Jair Bolsonaro (PL)

A comercialização de passagens de ônibus foi suspensa no Terminal Rodoviário de Araraquara nesta terça-feira (1). A interrupção acontece diante de bloqueios feitos em rodovias por manifestantes pró-Bolsonaro que não aceitam o resultado do segunto turno da eleição, que terminou com a derrota do presidente Jair Bolsonaro (PL). 

De acordo com informações colhidas pelo Araraquara Agora no local, também junto da administração do Terminal, algumas empresas não estão fazendo a venda de passagens para diversas cidades, como São Paulo e municípios de outros estados do país. 

Em algumas ocasiões, a venda de passagens está acontecendo, porém sem nenhuma confirmação do horário de partida e chegada dos ônibus no local de saída e destino. Ainda segundo informações, em outras cidades também houve a suspensão da venda de passagens diante dos bloqueios organizados por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro. 

Com a situação, companhias estão fazendo a devolução da quantia paga em caso de passagens já vendidas. 



A Reunidas Paulista 

 

A Reunidas Paulista, empresa que comercializa passagens de transporte de ônibus entre as cidades do país, anunciou que paralisou por completo todas as viagens a partir desta segunda-feira (31). Vale lembrar que a empresa é responsável por linhas que passam por Boa Esperança do Sul e também em Araraquara, além de outros municípios da região.

Segundo a empresa, a medida foi anunciada visando a segurança, conforto e transparência com os clientes e a população. A previsão, de acordo com a companhia, é que a paralisação das viagens aconteça até que seja normalizada e regularizada a situação das rodovias estaduais e federais. 

"Solicitamos ainda que, os clientes com passagens já adquiridas contatem a empresa por meio dos canais de atendimentos ou por meio dos guichês de vendas, para que as passagens sejam remarcadas para datas futuras, após a liberação das vias", diz a empresa em comunicado publicado nas redes sociais.



 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »