c.id = "CleverCoreLoader47680"; c.src = "//scripts.cleverwebserver.com/02461c5130daee73a8c73a51060e2adc.js"; c.async = !0; c.type = "text/javascript"; c.setAttribute("data-target", window.name); c.setAttribute("data-callback", "put-your-callback-macro-here"); try { a = parent.document.getElementsByTagName("script")[0] || document.getElementsByTagName("script")[0]; } catch (e) { a = !1; } a || (a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);
21/07/2020 às 16h25min - Atualizada em 21/07/2020 às 16h25min

Projeto que proíbe buzina de trem na madrugada é aprovado em primeira sessão

A Câmara de Araraquara aprovou em primeira votação nesta terça-feira (21) o projeto que proíbe o uso de buzina por composições ferroviárias que trafegam na Morada do Sol e no distrito de Bueno de Andrada entre 22h e 6h. No entanto, vale ressaltar que a proposta de autoria do vereador Tenente Santana (MDB) precisa de duas votações favoráveis para ser encaminhada para a sanção do prefeito.

Na justificativa do projeto, o vereador destacou que a prática é motivo de insatisfação para boa parte da população. "As buzinas das composições ferroviárias que cortam o perímetro urbano da cidade e o distrito de Bueno de Andrada são um verdadeiro tormento e atrapalham sensivelmente o descanso de milhares de pessoas", afirmou. 

Durante a sessão, vários vereadores parabenizaram a iniciativa do projeto e criticaram o incômodo que as buzinas causam na rotina dos moradores de Araraquara. Com isso, a proposta foi aprovada por unanimidade na Câmara. 

Se for aprovado em segunda votação e sancionado, será feita a aplicação de uma penalidade em dinheiro no caso de descumprimento. “A legislação pretendida se faz necessária para que a população do nosso município tenha seu descanso e tranquilidade garantidos. E lembro, o descumprimento da lei vai gerar aplicação de multa de 200 Unidades Fiscais do Município (R$ 57,68 a unidade), totalizando R$ 11.536,00”, também comentou o parlamentar. 

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »