Araraquara Agora Publicidade 1200x90
Araraquara Agora Publicidade 728x90
08/02/2024 às 11h07min - Atualizada em 08/02/2024 às 11h07min

Tabela do IR 2024 é atualizada: saiba as novas faixas de isenção

Quem recebe 2 salários mínimos terá isenção do imposto

Direto da Redação
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
  • Quer ficar por dentro das últimas novidades em tempo real? Participe da nossa Comunidade do WhatsApp.
  • Siga nossas redes sociais Facebook Instagram.



Leia ainda:
Feriadão de Carnaval: confira o abre e fecha em Araraquara.
Unimed e HEAB abrem processos seletivos em Araraquara e Américo.

 



O Governo Federal divulgou nesta semana, Medida Provisória que isenta do Imposto de Renda os indivíduos que recebem até dois salários mínimos. Isso significa que os trabalhadores que ganham até R$ 2.824 por mês não terão mais a obrigação de pagar esse imposto.

 

A MP foi publicada em uma edição extra do Diário Oficial da União e, segundo o governo, beneficiará aproximadamente 15,8 milhões de pessoas, que estarão livres do Imposto de Renda.

 

O Ministério da Fazenda esclareceu que os trabalhadores que ganham até dois salários mínimos serão beneficiados com o desconto simplificado de R$ 564,80, porém esse desconto é opcional e não prejudicará os trabalhadores que têm descontos maiores, como os previdenciários.

 

 

O que muda?

 

 

Anteriormente, o limite de isenção era de R$ 2.640, correspondente a dois salários mínimos do ano anterior, com um desconto mensal na fonte de R$ 528. Com o aumento do salário mínimo para R$ 1.412 neste ano, anteriormente R$ 1.320, quem recebia menos de dois salários mínimos teria que arcar com o tributo.

 

Aqui está a tabela progressiva mensal já considerando o desconto simplificado aplicado ao salário:



Fonte: Ministério da Fazenda

Base de Cálculo

Alíquota

Parcela a Deduzir do IR

Até R$ 2.259,20

zero

zero

De R$ 2.259,21 até R$ 2.828,65

7,5%

R$ 169,44

De R$ 2.828,66 até R$ 3.751,05

15%

R$ 381,44

De R$ 3.751,06 até R$ 4.664,68

22,5%

R$ 662,77

Acima de R$ 4.664,68

27,5%

R$ 896,00




A Medida Provisória nº 1.206/24, com a alteração, foi encaminhada ao Congresso Nacional nesta terça-feira (6). A MP, no entanto, já está publicada no Diário Oficial e, portanto, já está valendo, porém precisa ser ratificada pelo Congresso Nacional em até 120 dias.

 

Com informações: Agência Brasil.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araraquara Agora Publicidade 1200x90