c.id = "CleverCoreLoader47680"; c.src = "//scripts.cleverwebserver.com/02461c5130daee73a8c73a51060e2adc.js"; c.async = !0; c.type = "text/javascript"; c.setAttribute("data-target", window.name); c.setAttribute("data-callback", "put-your-callback-macro-here"); try { a = parent.document.getElementsByTagName("script")[0] || document.getElementsByTagName("script")[0]; } catch (e) { a = !1; } a || (a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);
20/06/2024 às 09h03min - Atualizada em 20/06/2024 às 09h03min

Início do inverno: entenda por que a hidratação deve ser reforçada em períodos mais frios

Especialista em urologia oncológica Elizeu Neto alerta que beber menos água impacta no funcionamento do sistema urinário

Foto Ilustrativa/Marcelo Camargo por Agência Brasil



Leia Ainda:
Alerta: entenda como agem os golpistas que utilizam o nome da Santa Casa de Araraquara.
Posso doar sangue se tive dengue? Tatuagem impede doação? Tire dúvidas sobre o tema.





O Inverno tem início hoje (20) e com a queda prevista das temperaturas, é comum que as pessoas reduzam a ingestão de líquidos por sentirem menos sede em tempos mais frios. Nesse cenário, o especialista em urologia oncológica Dr. Elizeu B. Neto explica que é preciso reforçar a hidratação para evitar o mal funcionamento do sistema urinário e o aparecimento de doenças urológicas.

 


“Durante o inverno, a necessidade de hidratação continua tão importante quanto nas estações mais quentes, pois não beber água o suficiente pode comprometer o funcionamento adequado dos rins, órgãos responsáveis pela filtração de resíduos e toxinas do sangue, além de regular o equilíbrio de líquidos no corpo”, diz Dr. Elizeu.

 


O especialista também explica que a falta de água dificulta a produção de urina para a eliminação dessas substâncias, consequentemente aumentando o risco de formação de cálculos renais.

 

Situação que tende a se agravar, pois além das dores intensas, os cálculos podem causar obstrução do trato urinário, necessitando, muitas vezes, de intervenção cirúrgica para remoção”.
 


Outra preocupação é a infecção urinária, que ocorre quando bactérias invadem o trato urinário, causando dor ao urinar, urgência frequente de urinar e dor abdominal. Isso porque o xixi concentrado, resultante da baixa ingestão de água, pode facilitar o crescimento bacteriano, agravando o quadro.


Assim, embora a queda nas temperaturas resulte em menos sede, é fundamental que as pessoas mantenham e reforcem sua rotina de ingestão de líquidos. Dr. Elizeu recomenda o consumo de pelo menos dois litros de água por dia, podendo variar conforme a necessidade individual e o nível de atividade física de cada um. “Lembrando que a inclusão de alimentos ricos em água, como frutas e vegetais, na dieta diária também pode auxiliar na hidratação”.



 

  • Graduado médico pela Universidade de Araraquara, Dr. Elizeu Neto se graduou cirurgião geral pela Santa Casa de Araraquara e urologista pela Santa Casa de Ribeirão Preto.

 

  • Realizou seu fellowship em urologia oncológica e cirurgia minimamente invasiva pelo Hospital de Amor de Barretos.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »