c.id = "CleverCoreLoader47680"; c.src = "//scripts.cleverwebserver.com/02461c5130daee73a8c73a51060e2adc.js"; c.async = !0; c.type = "text/javascript"; c.setAttribute("data-target", window.name); c.setAttribute("data-callback", "put-your-callback-macro-here"); try { a = parent.document.getElementsByTagName("script")[0] || document.getElementsByTagName("script")[0]; } catch (e) { a = !1; } a || (a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);
14/04/2020 às 17h22min - Atualizada em 14/04/2020 às 17h32min

Brasil registra 204 mortes em 24 horas

O Ministério da Saúde confirmou na tarde desta terça-feira (14) que o Brasil perdeu 204 vidas para o coronavírus. É a maior alta desde que os números começaram a ser divulgados e quase o dobro do registrado ontem. Agora são 1.532 óbitos, um aumento de 15%.

Os casos confirmados saltaram de 23.430 para 25.262, crescimento de 8%.

O Estado de São Paulo segue sendo o epicentro da crise e também bateu um recorde negativo com o registro de 87 mortes. São 695 mortes no Estado mais populoso e 9.371 casos confirmados.

Em uma semana o número de mortes no Brasil subiu 91%.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »