c.id = "CleverCoreLoader47680"; c.src = "//scripts.cleverwebserver.com/02461c5130daee73a8c73a51060e2adc.js"; c.async = !0; c.type = "text/javascript"; c.setAttribute("data-target", window.name); c.setAttribute("data-callback", "put-your-callback-macro-here"); try { a = parent.document.getElementsByTagName("script")[0] || document.getElementsByTagName("script")[0]; } catch (e) { a = !1; } a || (a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);
18/04/2020 às 18h29min - Atualizada em 18/04/2020 às 19h43min

Papa pede orações para cuidadores de pessoas com deficiência

Por Télam, Agência Nacional de notícias da Argentina - Cidade do Vaticano

O papa Francisco destacou hoje (18) o "difícil trabalho" daqueles que cuidam das pessoas com deficiência durante a pandemia do novo coronavírus e pediu orações pelos que "estão sempre a serviço" delas. "Ontem recebi carta de uma religiosa que trabalha como tradutora da língua de sinais para surdos e mudos, e ela me falou sobre o difícil trabalho que profissionais de saúde, enfermeiros e médicos têm com pacientes portadores de deficiência que foram infectados pela covid-19 ", disse o pontífice durante a missa que celebrou em sua residência na Casa Santa Marta, no Vaticano. "Rezemos por eles que estão sempre a serviço dessas diversas pessoas que não têm as habilidades que temos", acrescentou o papa Francisco. Neste domingo (19), o papa deixará o Vaticano pela primeira vez desde 15 de março, para celebrar a missa do chamado Domingo da Divina Misericórdia na Igreja Romana de Santo Spirito, na Sassia. A última vez que Francisco deixou o Vaticano, onde está em quarentena pelo coronavírus, foi para rezar pelo fim da pandemiaem duas igrejas em Roma.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »