05/06/2020 às 16h32min - Atualizada em 05/06/2020 às 16h35min

Fralda, absorvente, cabelo e até barbeador; tudo isso vai pro esgoto e custa caro pra gente

Hoje uma equipe do Departamento Autônomo de Água e Esgotos (Daae) foi até a Avenida Adélia Izique, no São Geraldo para atender a reclamação de moradores que não aguentavam mais a situação de mal cheiro provocada por um vazamento de esgotos.

O trabalho foi feito em algumas horas, mas pra isso foi necessário abrir um enorme buraco na rua, fechar a via para a passagem de veículos e o trabalho provocou danos no poço de visita da rede. O serviço foi de grande complexidade e a equipe de Redes de Esgotos utilizou desde equipamentos mais simples, como a vareta de desobstrução e equipamentos mais pesados, como o caminhão hidrojato e uma retroescavadeira.

Do local foi retirada uma enorme quantidade de material que não deveria estar ali. Tinha muito cabelo, gordura, sacos plásticos e até mesmo aparelho de barbear.

Quem pensa que foi por acidente, se engana. Esse tipo de problema é comum, mas não deveria ser. Se todos utilizassem a rede da maneira correta, muitos problemas seriam evitados e, claro, impediríamos que dinheiro fosse jogado, literalmente no esgoto.

Veja abaixo como você pode evitar que isso aconteça:

1 – Descartar no lixo: fraldas, absorventes, preservativos, embalagens plásticas, panos usados, cotonetes, entre outros objetos, pois se jogados nos vasos sanitários, por exemplo, cedo ou tarde, se acumulam nas tubulações e causam a obstrução da rede.

2 - Descartar restos de alimentos para a coleta domiciliar;

3 – Colocar o óleo de cozinha usado em um recipiente, como uma garrafa PET, e fazer a entrega à coleta seletiva;

4 – Providenciar o direcionamento da água de chuva para as guias e sarjetas das vias públicas e não fazer a ligação da água pluvial direto na tubulação de esgoto, pois quando chove, a probabilidade de retorno do esgoto aumenta significativamente.

Colabore com o Daae, que vem fazendo a sua parte, intensificando a limpeza preventiva em locais onde ocorrem maior incidência de retorno de esgotos.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »