Araraquara Agora Publicidade 728x90
09/04/2021 às 16h48min - Atualizada em 11/04/2021 às 16h48min

Edinho Silva adia reunião com servidores da Educação que estão em greve

O prefeito Edinho Silva adiou a reunião com servidores municipais da Educação de Araraquara que estão em greve. O assunto seria o retorno presencial das aulas nas escolas municipais e a paralisação. O encontro deve acontecer na próxima terça-feira (13).  A reunião com o o Sindicato dos Servidores Municipais de Araraquara e Região (Sismar) aconteceria […]

https://araraquaraagora.com/2021/04/09/edinho-silva-adiaaa-reuniao-com-servidores-da-educacao-que-estao-em-greve

A reunião com o o Sindicato dos Servidores Municipais de Araraquara e Região (Sismar) aconteceria nesta sexta-feira (9), no período da tarde, para tratar sobre o retorno presencial das aulas nas escolas municipais e a grave de funcionários do sistema educacional. No entanto, o encontro foi adiado para a próxima terça-feira (13). 

“O adiamento mostra a falta de vontade do prefeito de debater o assunto com os servidores e com o Sindicato. Isso não é novidade”, disse o Sismar por meio das redes sociais. A greve foi anunciada pelos servidores no último sábado (3) e começou na segunda-feira (5), tendo como pauta a preservação da vida dos funcionários em meio ao coronavírus.

Durante a semana o sindicato apresentou dados de que pelo menos onze servidores que tiveram resultado positivo para a Covid-19 nos três primeiros dias da Educação em atividade presencial (5, 6 e 7 de abril). “Este foram apenas os casos comunicados espontaneamente ao Sindicato, o número real deve ser muito maior. Todos estavam assintomáticos”, destacou o Sismar. 

“Vamos continuar defendendo nossas vidas, em greve, até termos segurança para trabalhar presencialmente”, concluiu o sindicato ao falar sobre o adiamento da reunião para a próxima terça-feira (13). 

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

 

 

© 2021 Araraquara Agora - Todos os direitos reservados

class="trending-title" class="post-title title-small" class="post-title title-small" class="post-title title-small" class="post-title title-small" class="post-title title-small" class="post-title title-small" class="post-title title-small" class="post-title title-small" class="comment-notes" class="comment-form-cookies-consent" class="form-submit" style="display: none;" ÚLTIMAS NOTÍCIASCaixa paga hoje auxílio emergencial para nascidos em marçoEdinho Silva leva “dura” do Governo de SP por liberar cultos e missas; notificação pede fechamentoPM acaba com a “Festa da Covid” em Araraquara e dispersa jovens aglomeradosMotociclista morre em acidente na SP-255 próximo do acesso ao Parque São PauloApós dias sem mortes, Araraquara confirma mais três óbitos por coronavírusGripário trocará de lugar e terá melhor atendimento para a populaçãoCarro cai dentro de córrego após batida na Via ExpressaDupla armada rouba celular e R$ 4 mil de idosa em AraraquaraO prefeito Edinho Silva adiou a reunião com servidores municipais da Educação de Araraquara que estão em greve. O assunto seria o retorno presencial das aulas nas escolas municipais e a paralisação. O encontro deve acontecer na próxima terça-feira (13). A reunião com o o Sindicato dos Servidores Municipais de Araraquara e Região (Sismar) aconteceria nesta sexta-feira (9), no período da tarde, para tratar sobre o retorno presencial das aulas nas escolas municipais e a grave de funcionários do sistema educacional. No entanto, o encontro foi adiado para a próxima terça-feira (13). “O adiamento mostra a falta de vontade do prefeito de debater o assunto com os servidores e com o Sindicato. Isso não é novidade”, disse o Sismar por meio das redes sociais. A greve foi anunciada pelos servidores no último sábado (3) e começou na segunda-feira (5), tendo como pauta a preservação da vida dos funcionários em meio ao coronavírus.Durante a semana o sindicato apresentou dados de que pelo menos onze servidores que tiveram resultado positivo para a Covid-19 nos três primeiros dias da Educação em atividade presencial (5, 6 e 7 de abril). “Este foram apenas os casos comunicados espontaneamente ao Sindicato, o número real deve ser muito maior. Todos estavam assintomáticos”, destacou o Sismar. “Vamos continuar defendendo nossas vidas, em greve, até termos segurança para trabalhar presencialmente”, concluiu o sindicato ao falar sobre o adiamento da reunião para a próxima terça-feira (13). O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com * Guardar o meu nome, email e site neste navegador para a próxima vez que eu comentar. © 2021 Araraquara Agora - Todos os direitos reservados
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araraquara Agora Publicidade 1200x90