Araraquara Agora Publicidade 728x90
30/06/2021 às 11h55min - Atualizada em 30/06/2021 às 11h55min

Presidente da Câmara, Aloísio Boi (MDB), afirma que tem sofrido ameaças de empresário. Entenda

Outros vereadores também foram ameaçados: “Ficam nos bastidores ameaçando e afrontando”

Direto da Redação
Câmara

O presidente da Câmara, Aloísio Braz, o Boi (MDB), utilizou seu espaço no pequeno expediente, na Sessão da Câmara desta terça-feira (29), para afirmar que está sofrendo ameaças de um empresário, que segundo ele, é liderança de um partido político de Araraquara.


Boi disse ainda que um ex-vereador de São Carlos chegou a ameaçar a família dele.  As ameaças são via áudios enviados pelo whatsapp. De acordo com Boi, as ameaças também são direcionadas à outros vereadores da Casa de Leis.

 

As ameaças são pra pressionar os vereadores a abrirem uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) da Saúde para apurar a conduta dos gestores durante a pandemia. Para essa CEI ser aberta são necessárias 6 assinaturas, por enquanto 4 vereadores assinaram:
 

Tem um líder político que fica nos bastidores ameaçando, usando dinheiro, usando rede social, afrontando vereadores dessa casa. Pode atacar a minha pessoa, não tem problema. Eu tenho casco grosso. Podem me ofender, mas de forma muito leviana, baixa e rasteira atacaram a minha família. Peço para que esse senhor que fica nos bastidores, com áudio ameaçando vereadores, que pense na família dele. Isso não vai mudar minha conduta nunca”.
 

De acordo com Boi, os áudios do empresário de Araraquara são em tom agressivo e ameaçador:  São áudios agressivos de um Grupo que tem vereadores na Câmara. Ao meu ver, esse empresário passou do ponto.  Ataca minha pessoa, mas não ataca a família”, diz.
 

Os vereadores Paulo Landim (PT), Edson Hel (Cidadania), Filipa Brunelli (PT), Guilherme Bianco (PCdoB), Rafael de Angeli (PSDB), repudiaram a ação e se solidarizam com o vereador:
 

A política é grande e não pode ofender a família. Venho todo dia na Câmara, respeito todo mundo, faço debate político, mas nunca vou ferir o pessoal de vocês e da família de vocês, de quem quer que seja”.
 

O presidente da Casa de Leis finalizou com voz embargada: “No meu mandato vai ser sempre respeito as pessoas que votaram em mim. Ninguém vai me acovardar”.

 

Vale lembrar que Aloísio Boi deve buscar formas jurídicas para que a Câmara possa agir nesse caso: “São ameaças muito fortes para a democracia”.

 

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araraquara Agora Publicidade 1200x90