c.id = "CleverCoreLoader47680"; c.src = "//scripts.cleverwebserver.com/02461c5130daee73a8c73a51060e2adc.js"; c.async = !0; c.type = "text/javascript"; c.setAttribute("data-target", window.name); c.setAttribute("data-callback", "put-your-callback-macro-here"); try { a = parent.document.getElementsByTagName("script")[0] || document.getElementsByTagName("script")[0]; } catch (e) { a = !1; } a || (a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);
30/07/2021 às 10h36min - Atualizada em 30/07/2021 às 10h36min

Câmara estuda volta das sessões presenciais

Presidente, Aluisio Boi (MDB), ressalta que deverá seguir critérios sanitários

Direto da Redação
Foto: Câmara

As sessões da Câmara de Araraquara poderão retornar presencialmente ainda no fim do mês de agosto. A informação foi confirmada pelo Presidente da Casa de Leis, Aluisio Boi (MDB).

 

Segundo Boi, o Comitê interno, criado para definir e analisar os processos de prevenção contra a Covid-19, está estudando o retorno seguro das sessões.

 

Estamos estudando a volta presencial para dar mais dinâmica às sessões. Uma das demandas é que a gente espere, no mínimo, que os vereadores e funcionários retornem no prazo de imunização, pelo menos, da primeira dose da vacina, que é de cerca de 15 dias após a aplicação”.


 

Ainda de acordo com Boi, três vereadores, Emanoel Sponton (Progressistas), Thainara Faria (PT) e Guilherme Bianco (PCdoB), ainda não se imunizaram contra a Covid, por conta da idade.

 

Creio que em breve eles serão imunizados. A previsão é que até o término do mês de agosto a gente possa, com todos os cuidados e com a orientação de distanciamento, voltar as sessões presenciais. Estamos preocupados porque a volta presencial das sessões também deve elevar o número de pessoas trabalhando no mesmo ambiente”.

 

O presidente da Câmara ainda ressaltou que para a realização das sessões é necessário o retorno de muitos profissionais, por esse motivo a volta necessita ser segura.

 

Precisamos dos intérpretes de libras, da equipe responsável pelo som e imagem, da equipe administrativa, legislativa, do pessoal da segurança e copa, por exemplo. Então, além dos 18 vereadores, para realizar uma sessão presencial é preciso no mínimo de 10 funcionários”, lembra.

 

Vale lembrar que a primeira sessão remota, foi realizada em 16 de fevereiro deste ano.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »